15 Cidades Incríveis que Você Não Pode Deixar de Visitar no Japão

O Japão é um país plural, é uma tarefa difícil escolher apenas 10 cidades para visitá-lo. Tem de tudo e mais um pouco, peculiaridades fascinantes que vão de santuários a grandes feitos tecnológicos.

A cada lugar visitado será um descobrimento, cafés temáticos, templos budistas, arte, comidas excêntricas e mesmo que você passe um ano lá não irá conhecer metade da infinidade de coisas que você pode desbravar.

Confira Abaixo as 15 Cidades Incríveis que Você Não Pode Deixar de Visitar no Japão:

1- Tóquio

Tóquio - Japão

Parada obrigatória!

Tóquio é a capital do país e concentra mais de 10% de toda a população do Japão e também a área mais populosa do planeta. E claro que seria a primeira dica. Tóquio é sinônimo de modernidade, diversidade, tecnologia e é uma das cidades mais ricas do mundo.

Quase que totalmente sustentável, Tóquio oferece aos seus habitantes e turistas, uma excelente qualidade de vida e acessibilidade. Além de segura, tem índices de criminalidade bem baixos.

Há dois mundos nessa cidade, o centro comercial com alta tecnologia e templos com a arquitetura preservada com funcionamento 24 horas por dia.

Não deixe de visitar Shibuya, Akihabara (o melhor lugar de eletrônicos, mangas e animes), o gigante mercado de peixes, Asakusa (que nada mais é que o templo mais antigo da cidade), entre outros. Veja mais sobre Tóquio aqui.

Será a próxima sede dos Jogos Olímpicos de Verão em 2020.

 

2- Osaka

Osaka - Japão

Eventos

[tribe_eventos view="list"]

Osaka é a terceira maior cidade do Japão e o segundo centro financeiro do país. Ela possui o 9o maior PIB do mundo e é sinônimo de tecnologia com vanguarda, unindo tradição com agitação.

Osaka é muito famosa e conhecida pelos seus belos centros de compras (que se localizam nos bairros comerciais) como os famosos Dotonbori, o Teninbashi-suji e o Shinsaibashi.

Museus e teatros fazem parte de seu cotidiano, e um dos mais procurados são os Museu de Cerâmica Oriental, o Teatro Nacional completam o tour mais tradicional e cultural.

O local era comumente conhecido como a “cozinha da nação” e você pode encontrar diversos locais para uma refeição simples ou até mesmo para as mais sofisticadas.

Barraquinhas com comidas populares como okonomiyaki, takoyaki e udon, até a restaurantes glamourosos e caros. Osaka também é considerado o berço dos Kaiten Sushi (pratos servidos na esteira).

Mas se você procura por outras grandes atrações na cidade, uma dica imperdível é visitar o Osaka Universal Studios Japan, Osaka Aquarium Kaiyukan e o Castelo de Osaka, você vai se divertir bastante conferindo cada local.

Com sua tradição enraizada aproveite as festas em Kansai.

 

3- Kioto

Kioto - Japão

Kioto é uma cidade histórica, pois tem a essência preservada e elementos únicos. Antiga capital imperial, você sentirá o clima tradicional e tecnológico do local misturado, em uma sensação ímpar.

Com uma das maiores e melhores universidades do país, é uma cidade com muito movimento de jovens sem perder a classe do tradicional modelo japonês. Logo quando você chegar a cidade, irá perceber que a sua cultura se mantém quase intacta. É indispensável visitar também o Templo do Ouro, Templo de Prata e Ryokan.

No seu centro, um mix de culturas que se mesclam com ocidentais e orientais, onde você pode encontrar desde restaurantes de comidas típicas, até cafés e “cucinas” italianas.

Há um local onde as gueixas animam os turistas, mantendo sempre de forma respeitosa de tradições passadas. Em alguns locais existem casas de chá, onde você também pode apreciar a “cerimônia do chá”. Simbolicamente vá sem relógio, para apreciar a delicadeza, e a cumplicidade quase que espiritual entre o anfitrião e o convidado.

Vale lembrar que para visitar aos templos, é necessário deixar os sapatos na entrada do mesmo, mostrando assim sinal de respeito, reverência e sempre manter-se em silêncio.

 

4- Hiroshima

Hiroshima - Japão

Marcada pelo bombardeio na Segunda Guerra Mundial, a cidade irá te transmitir a história a cada instante.

A primeira coisa quando se pensa em Hiroshima é a lembrança do bombardeiro americano com a “Little Boy”, mas Hiroshima tem muito mais agitação do que se pensa.

E o melhor, a cidade desempenha este papel perfeitamente! É uma parada obrigatória para todos antes de morrer. Não deixe de visitar a Ilha Miyajima, Himeji e o Memorial da Paz Hiroshima, o ponto zero.

Depois de 72 anos, a cidade renasceu, com edifícios High-tech, cidadãos sorridente, praças, e pontos de visitação limpos que convidam a todos a conhecer um pouco mais dessa linda cidade que literalmente renasceu das cinzas.

 

5- Nara

Nara - Japão

Essa pequena cidade, embora afastada dos grandes centros, atrai turistas por alguns tesouros culturais.

A maioria das atrações se encontra dentro do Nara Park, um parque ecológico de dimensões consideráveis!

Nara abriga a cultura de forma mais rica! De tão compacta você fará tudo a pé. Conhecida mundialmente pelo cervos que vivem no Parque Nara, eles são mansos e vem comer na sua mão. Compre um pacote com um dos ambulantes no local e você será seguido por eles.

A melhor estação para se visitar é o outono, pois as árvores estão mudando de cor. Não deixe de visitar Todaiji Temple, que abriga uma das maiores estátuas de bronze do país, percorra a cidade de bike, e o Isuien Garden, que é o edifício de madeira mais antigo do mundo.

 

6- Hakone

Hakone - Japão

Um pouco longe de Tóquio, Hakone tem uma vista sensacional para o Monte Fuji.

Os principais eventos incluem o anual Hakone Ekiden , uma tradicional corrida a pé colegial de longa distância, realizada sempre no Ano Novo, que vai de Tóquio a Hakone e volta por dois dias, em parte em comemoração aos correios que dirigiam a estrada Tōkaidō.

Com águas termais, museus de arte e o lago torii. Não deixe de visitar o Hakone Hot Springs, Lake Ashinoko, Owakudani e Open Air Museum. É muito procurada por turistas especialmente os japoneses, que deixam de lado momentaneamente o estresse do dia a dia para momentos de de relaxamento e equilíbrio.

 

7- Karuizawa

Karuizawa - Japão

Escondida sob o Monte Asama, Karuizawa é uma cidade que conserva um dos vulcões ativos de Honshu.

É o refúgio das montanhas dos habitantes da capital e um refúgio muito fino para os naganoístas.

A paisagem montanhosa, cachoeiras e fontes termais tornam Karuizawa um dos lugares mais desejados do mundo. E não para por aí, atividades ao ar livre é ideal para o local, e compras também. Não deixe de visitar Kyu-Karuizawa, Usui Pass Deck, Onionshidashi e Shiraito Waterfall.

Akihito, o atual imperador do Japão conheceu sua esposa jogando tênis neste local, John Lennon e Yoko Ono foram passar férias e a área continua sendo um local popular para as pessoas construírem suas casas de veraneio.

Mesmo sendo uma pequena cidade, o turista conta com diversos shoppings, hotéis e pousadas de luxo, pode dispor de aluguel de bicicletas entre outros atrativos que fazem o movimento da cidade, tudo em um ambiente calmo e seguro.

 

8- Sapporo

Sapporo - Japão

É o verdadeiro escape do calor, seu festival de neve anual é um dos mais famosos do mundo. E artistas neste período criam grandes esculturas de gelo e neve que passam dos 25 metros. Não deixe de visitar a cidade em fevereiro.

 

9- Okinawa

Okinawa - Japão

Okinawa consiste em uma das 169 ilhas que compõem o arquipélago de Ryukyu, uma cadeia de ilhas que ultrapassam mais de 1000 km de comprimento, que se estende desde o sudoeste do Japão até quase Taiwan, sendo uma das ilhas mais famosas do país om suas belíssimas praias.

A capital de Okinawa se chama Naha, onde se localiza a parte mais povoada da ilha. A culinária local não fica para trás da beleza das praias, dois dias são pouco para este lugar paradisíaco.

Antigamente, a ilha de Okinawa fazia parte de um reino independente ao Japão, chamado de reino Ryukyu, o que foi decisivo para o desenvolvimento de uma cultura própria de uma história particular e significativamente diferenciada do resto do Japão.

Você vai se impressionar com as ilhas, pois cada uma delas tem um toque especial e em todas as casas locais você vai encontrar o simpático e imponente Shisa, o boneco do Leão de Okinawa, o protetor de todos os locais, em especial nas residências de gerações mais tradicionais.

Eles estão presentes nas portas de cada residência, de cada comércio, em todas as ruas, telhados, praças e ficam lá espantando todo e qualquer tipo de mal, segundo contam os nativos deste maravilhoso local.  Os Leões de Okinawa, como são carinhosamente chamados, são uma excelente dica de souvenir para você trazer das ilhas e presentear aqueles dos quais você quer que seja protegido por essa entidade. Você vai sempre se lembrar dessa tradição!

Okinawa ainda abriga maior aquário do Japão, o Okinawa Churaumi Aquarium, repletos de milhares de animais marinhos. As espécies vão de raias a tubarões e baleias. Além disso, lá estão registradas mais de 800 colônias de corais.

 

10- Nagasaki

Nagazaki - Japão

Assim como Hiroshima, Nagasaki também é um memorial à paz.

Essa pequena cidade foi fundada por portugueses em 1570 e tem uma característica de ter sido por muito tempo, a capital do catolicismo no país. Há diversos templos e santuários, são raramente conectados ao grande Confúcio.

Você pode visitar os museus que contam sobre o principal evento da cidade: o ataque da bomba atômica em 1945. O local é para se meditar e repensar sobre os efeitos da inesquecível tragédia.

Não deixe de visitar o Peace Park, restaurantes locais, compras em geral e o festival das lanternas.

 

11- Yokohama

Yokohama - Japão

É a segunda maior cidade do Japão, mas a maior cidade independente do país.

Nesta cidade, encontra-se o maior porto e com a maior concentração comercial da área da Grande Tóquio.

Com a proximidade de Tóquio ajudou a alavancar seu desenvolvimento, por outro lado, atrapalhou em sua identidade como uma cidade independente. Yokohama é a capital da província de Kanagawa e, hoje, passou a ser uma espécie de de cidade-dormitório, quase considerada como um subúrbio da sua irmã maior.

Suas maiores e mais procuradas atrações são o edifício Landmark Tower, que fica aberto todos os dias 24 horas por dia. O ingresso custa por volta de ¥1.000 (aproximadamente R$32) e é um dos mais altos do país com 296 metros de altura e a sua movimentada Chinatown, onde o turista vai para se esbaldar nos pratos tipicamente orientais.

Se você gosta de esportes, você pode visitar o Estádio Nissan, o conhecido Estádio Internacional de Yokohama, palco da grande final da Copa do Mundo de 2002 onde a Seleção Brasileira de Futebol se sagrou Pentacampeã. É palco também de intensas e memoráveis partidas do Mundial de Clubes de Futebol, onde alguns times brasileiros puderam se sagrar campeões mundiais na categoria.

Visitar essa cidade, é indispensável nesse belo roteiro pelo Japão.

 

12- Fukuoka

Fukuoka - Japão

É uma das 10 cidades mais populosas do Japão e por diversos anos foi ponto final do conhecido Trem Bala, tem uma curiosidade.
Está mais perto da Coréia do Sul do que da capital do país, recebendo influência histórica e tradicional também desta nação.

Aproveitar somente a cidade também é uma ótima opção, então, recomendo pra você, assistir a uma partida de beisebol no estiloso e famoso Yahoo! Dome, a poucas quadras da elegante Fukuoka Tower.

Restaurantes de todos os tipos e cafés brotam como atrações e opções ideais no pier da orla do Seaside Momochi.

Se você procura  algo mais cultural, pode conhecer o Museu Provincial, que conta episódios da história local. Já no centro estão agradáveis parques que devem ser visitados, como o Maizuru e Ohori.

 

13- Kanazawa

Kanazawa - Japão

Kanazawa é famosa pela cultura bem tradicional, que inclui o famoso serviço de chá e dispõe do apreciado artesanato tradicional, tendo como um dos principais produtos a conhecidíssima cerâmica Kutani-yaki e produtos sempre lacrados Wajima-nuri.

Uma dica é você conhecer o Museu Municipal de Ishikawa de Arte e Artesanato Tradicional, onde os visitantes poderão ver todos os 36 tipos do artesanato tradicional dessa região.

Kanazawa é conhecida também como Cidade Apetitosa pois em especial, conta com um tesouro de ingredientes. No Mercado Ohmicho, é vendido o muito procurado e disputado marisco fresco de especialidade e exclusivos vegetais frescos chamados “vegetais Kaga”, que existem somente nesta região.

Mas a principal atração da cidade de Kanazawa é Kenrokuen, considerado um dos “três melhores jardins  paisagísticos ” do Japão e aclamado pelos visitantes o mais belo de todos.

 

14- Kamakura

Kamakura - Japão

Hoje, Kamakura é uma cidade pequena e um destino turístico muito popular. Às vezes, chamada de Quioto do Japão Oriental, Kamakura oferece numerosos templos , santuários e outros monumentos históricos . Além disso, as praias de areia de Kamakura atraem grandes multidões durante os meses de verão.

Conta com muitos templos, trilhas e até mesmo uma linda ilha na costa.

Você pode visitar os templos espalhados pela cidade, e seguindo esse tema, você não pode perder de conhecer a estátua do Grande Buda de Kamakura.

E se mesmo assim você quiser algo diferente dos lindos templos jardins e estátuas, você pode passar alguns momentos nas praias dessa cidade e conhecer a famosa ilha de Enoshima.

Essa ilha oferece muita variedade de atrações, como jardins, parques, santuários, locais de observação e até mesmo cavernas abertas a visitação.

E em dias de tempo aberto e com boa visibildiade, você pode ser agraciado com uma espetacular vista do Monte Fuji.

 

15- Nagoya

Nagoia - Japão

É a quarta maior cidade do Japão.

Então, prepare-se para encarar uma cidade ativa, movimentada e com grande atrativos durante o dia e a noite. Nos quarteirões centrais, você pode encontrar muito movimento, cafés, restaurantes, lojas de departamento.

Os restaurantes de comidas locais estão espalhados por toda parte central e há também locais de comidas ocidentais.

Se você quiser explorar mais a cidade em um universo mais cultural, a dica é o Museu de Arte Tokugawa, que serviu como residência feudal durante o Período Edo, e ainda exibe peças e tesouros daquela época, como armaduras, espadas de samurais, máscaras, utensílios de chá, fantasia entre outros objetos desse período.

Se você procura por um tour mais tecnológico, o Museu  SCMAGLEV e o Railway Park são o museu ferroviário da Central Japan Railways (JR Central). O museu procura mostrar aos visitantes tudo sobre os avanços no trem de alta velocidade no Japão e exibe uma série de trens reais, incluindo locomotivas a vapor históricas, shinkansen experimental ( recorde mundial ) e os mais recentes trens de levitação magnética (maglev).

Uma das dicas também, é visitar o Castelo de Nagoya, que é uma edificação que foi construída no início do Período Edo, um dos mais importantes do Japão, serviu  como a sede de um dos três ramos da família Tokugawa , o ramo Owari.

Foi reconstruído após os bombardeio de 1945, mas mantém a mesma característica da época áurea do Japão.