Cesky Krumlov - Leste Europeu

Para aqueles que adoram viajar, com certeza a Europa é um dos destinos mais procurados. São exatamente 50 países independentes para escolher e a dúvida sobre qual destino optar é instigante. E pensando nisso, decidimos facilitar ainda mais a sua vida, selecionando as 25 regiões do leste europeu que valem muito a pena conhecer, e que inclusive dispõem de destinos incrivelmente encantadores.

O Leste Europeu é uma região formada por 21 países situados na parte central ou oriental do continente europeu, e boa parte deles ganham destaque por seus edifícios históricos e diversos monumentos deslumbrantes, além de lindíssimos parques, ruas charmosas e uma cultura extremamente agitada.

Portanto, se você ainda tem dúvida sobre onde passar suas férias na Europa, não deixe de ler a seguir sobre os melhores lugares desse lugar incrível, com certeza você sairá daqui com as malas prontas para o embarque.

Confira Abaixo os 30 Destinos Imperdíveis para Visitar no Leste Europeu:

1) Kutná Hora

Kutna - Leste Europeu

Localizada cerca de 65 km de Praga, a cidade medieval do leste europeu ficou conhecida como “tesouro nacional”, em vista de sua riqueza na época da antiguidade. Cercada com verdadeiras joias arquitetônicas, é lá que você irá encontrar a famosa igreja ornamentada com pilhas de ossos de quarenta mil pessoas, concebida no século 19.

A visão da igreja, embora seja assustadora, é sem dúvida bela. Para quem adora conhecer um pouco mais da história das regiões onde visita, Kutná Hora é o destino ideal.

 

2) Tallin

Tallyn - Leste Europeu

Localizada na Estônia, Tallin foi a vencedora do prêmio de Capital Cultural da Europa em 2011, colocando-se no mapa cultural mais procurado por viajantes. Para você ter uma ideia, ao longo do ano são recebidas milhares de pessoas nessa linda cidade do leste europeu.

Além disso, as ruas de paralelepípedo da cidade e suas chamativas fortificações medievais são os principais destinos de visita de quem passa por lá. E se você ama e divertir, não se preocupe, Tallin comporta bares em porões, que são muito similares com as cavernas, e lá os alunos da Universidade de Tallinn são os principais responsáveis por garantir animação do lugar.

 

3) Budapeste

Budapeste - Leste Europeu

O terceiro lugar que você não pode deixar de visitar no leste Europeu é Budapeste, situada na Hungria e considerada uma das capitais favoritas da região graças à sua beleza única, marcada pela herança do Império Austro-Húngaro. E chegando por lá, você precisa conhecer o Prédio do Parlamento, considerado a maior e mais atraente construção da cidade, com sua arquitetura neogótica à beira do Rio Danúbio.

 

Eventos

[tribe_eventos view="list"]

4) Liubliana

Liubliana - Leste Europeu

Liubliana é capital da Eslovênia e inclusive uma das cidades antigas mais bonitas da região. A cultura do lugar gira em torno dos cafés e com um clima ideal para a vida ao ar livre, deixar de explorá-la é quase que um pecado.

Cheia de atrações, Liubliana também dispõe de lugares históricos, tais como galerias e museus. Além disso, há uma boa mistura de pontes, prédios municipais e igrejas em estilo barroco localizados na Praça Prešernov. E para finalizar, um dos pontos mais incríveis para visitar na cidade é o enigmático pico da montanha do Castelo de Liubliana, que você pode inclusive escalar. Uma viagem aos magníficos lagos Bled ou Bohinj também são ótimos programas e lá você poderá praticar esportes aquáticos, caminhadas ou passeios de bicicleta. Incrível não é mesmo?

 

5) Cracóvia

Cracóvia - Leste Europeu

Outro destino do leste europeu que vale muito a pena é Cracóvia, situada na Polônia. A Polônia é um dos países mais religiosos do mundo e guarda muitas referências ao catolicismo.

Sendo o principal polo cultural do país, a Cracóvia é repleta de construções medievais e igrejas históricas em sua linda Cidade Velha, que foi escolhida e legalmente reconhecida como um Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

Se você viajar para essa região maravilhosa, não esqueça de conhecer a Praça do Mercado, que abriga lojas variadas e é o melhor local para você fazer suas comprinhas de viagem.

 

6) Warsaw

Warsal - Leste Europeu

Varsóvia, a capital da Polônia e a maior cidade do país que um dia já viveu dias tenebrosos, tristes e que merecem e devem ser esquecidos. Essa cidade já passou por muitas disputas territoriais nas guerras do século XX, e também presenciou cenas de horror durante a perseguição dos judeus.

Foi bombardeada, incendiada, foi quase aniquilada na Segunda Grande Guerra no confronto contra os nazistas, no ano de  1944,  depois sofreu nas mãos de ferro dos soviéticos, porém mesmo após tantos períodos tristes, conseguiu ser uma cidade feliz.

Quem imagina que essa cidade é uma capital sisuda, vai se enganar e alem disso, vai se surpreender como seus moradores são simpáticos em todos os cantos, com muito alto astral, especialmente na parte da Cidade Velha.

Após o período conturbado a cidade foi reerguida tijolo por tijolo, e hoje tem a privilégio de receber milhares e milhares de turistas todos os anos.

Pra quem gosta de lembrar um pouco da história dessa cidade, basta se lembrar do filme “O Pianista” de Roman Polanski, que retrata um pouco de como era a vida no gueto judaico de Varsóvia, dando uma grande ideia da destruição e do tempo de trevas que assolou a cidade.

Agora, a vida pulsa pelas ruas. Cafés, bares, restaurantes com mesas nas calçadas vivem lotados. A noite é animada. Uma garotada bonita circula de bicicleta e patins até altas horas. Varsóvia é segura. Bem cuidada. Limpa. Convidativa. Tem um transporte público eficaz, barato, civilizado, usado por todos. Wifi liberado pela cidade inteira.

 

7) Wroclaw

Wrocal - Leste Europeu

Wroclaw ou simplesmente Breslávia, é uma cidade da Baixa Silésia, na Polônia. Segundo estimativas do censo de 2012, tem aproximadamente 640 000 habitantes, o que a torna a quarta mais populosa cidade do país. Localiza–se nas margens do rio Oder (em polaco Odra), a está distante cerca de 350 km ao sudoeste de Varsóvia.

Breslávia é a capital informal da região histórica da Silésia, sendo sede de muitas indústrias e instituições de ensino superior, como da Universidade de Breslávia (Uniwersytet Wrocławski), Politécnica de Breslávia (Politechnika Wrocławska), Universidade de Economia (Uniwersytet Ekonomiczny), Universidade de Medicina (Uniwersytet Medyczny), Academia de Belas Artes (Akademia Sztuk Pięknych) e da Academia de Educação Física (Akademia Wychowania Fizycznego), possuindo, também, um teatro e uma ópera.

Breslávia foi uma das subsedes do Eurocopa de 2012 e também recentemente considerada a Capital Europeia da Cultura no ano de 2016.

A vida cultural e social da Breslávia é muito ativa, como descrevemos, é um grande plo de universidades e troca de culturas do mundo inteiro, então prepare-se para encontrar uma cidade pulsante, rica em cultura, gente bonita e alegre, fazendo dessa cidade, um lugar que você certamente deve visitar.

 

8) Gdansk

Gdansk - Leste Europeu

Gdańsk é uma cidade da província de Pomerânia, na Polônia e esta localizada na foz do rio Vístula.  Segundo censo de 2012, tem aproximadamente 460 mil habitantes.

Essa cidade tem um fato muito curioso acontecido mais exatamente no dia 10 de janeiro de 1920, quando por conta do Tratado de Versalhes, ganhou o status de “cidade livre”, sendo criado, assim, o “corredor de Danzig”, através do qual a Polônia teve livre acesso ao mar Báltico, entre outros direitos especiais, sendo protegida pela Liga das Nações.

Hoje, a cidade vibra e pulsa energia, jovialidade e gente bonita em movimento.

 

9) Lviv

Lviv - Leste Europeu

Lviv é a maior cidade do oeste da Ucrânia e a sétima maior cidade em o país. Conta comm uma população de cerca de 728.350. Lviv é um dos principais centros culturais da Ucrânia, pulsando cultura, energia e jovialidade.

Em 1991, tornou-se parte da nação independente da Ucrânia, mas administrativamente, Lviv serve como o centro administrativo de Lviv Oblast e tem o status de cidade de importância oblast .

No centro histórico da cidade, aparecem seus prédios antigos e ruas de paralelepípedos, que sobreviveram às ocupações soviéticas e alemãs durante a Segunda Guerra Mundial e hoje mantem-se ilesas. A cidade tem muitas indústrias e instituições de ensino superior , como a Universidade de Lviv e a Politécnica de Lviv . Lviv é também o lar de muitas instituições culturais, incluindo a renomada e conhecidíssima orquestra filarmônica e o Teatro de Ópera e Ballet de Lviv .

Se você gosta de cultura, tradição e história, você deve conhecer o centro histórico da cidade, que está na lista do Patrimônio Mundial da UNESCO.

 

 

10) Riga

Riga - Leste Europeu

Riga é a capital de e a maior cidade da Letônia, um país de passado recente localizado à nordeste da Europa. Riga tem aproximadamente 641.481 habitantes segundo o censo de é também a maior cidade dos três estados bálticos , que abriga mais de um terço da população da Letônia A cidade fica no Golfo de Riga , na foz do Daugava .

Riga é uma cidade muito antiga e foi fundada em 1201 e hoje é um Patrimônio Mundial da UNESCO , conhecido por sua arquitetura, classe e urbanismo.
Foi também, sede do Campeonato Mundial Masculino de Hóquei no Gelo de 2006 e o Campeonato Mundial Feminino de Curling de 2013 .

É uma cidade riquíssima em movimentos culturais e no ano de 2017, Riga recebeu mais de 1,4 milhões de visitantes.

Se você procura algo diferente dos tradicional europeu, porém recheado de cultura, Riga é o seu destino final e principal!

 

11) Bratislava

Bratislava - Leste Europeu

Um dos destinos mais escolhidos também da Europa é a Eslováquia. O Centro Histórico e as demais atrações de sua capital Bratislava é sem dúvida os lugares mais visitados por lá, além de sua localização que é bem próxima do Viena, na Áustria.

No entanto, se você deseja conhecer os mais belos lugares da região deverá visitar o norte do país. E não podemos nos esquecer das Montanhas Tatra, que situadas na fronteira com a Polônia e marcadas por picos rochosos e trilhas bem organizadas, são paradas obrigatórias para aqueles que visitam o país.

 

12) Mostar

Mostar - Leste Europeu

Para os amantes da história, Mostar foi a cidade mais significativamente afetada pela guerra dos Bálcãs, por estar literalmente na linha de frente da Guerra.

Localizada na Bósnia, sua ponte mais famosa, onde os rapazes na época saltavam para oficializar sua entrada na vida adulta, foi totalmente destruída. Porém, atualmente, foi construída uma réplica da ponte para honrar a sua história.

Outra ótima oportunidade para conhecer a cidade é durante a competição de mergulho, que ocorre todos os anos, por volta do mês de julho, quando se pode ver os esportistas lá embaixo. A beleza de Mostar é justificada principalmente pelo tom turquesa do rio, pelos minaretes elegantes existentes por lá e suas construções de pedras brancas. Aproveite!

 

13) Praga

Praga - Leste Europeu

A capital e maior cidade da República Tcheca é uma das mais importantes do Leste Europeu. Cercada por belos edifícios históricos e catedrais imponentes, a cidade Velha possui um castelo que é considerado o maior complexo palaciano do planeta, marcados por mil anos de muita história em tijolo ali presente. Vale muito a pena a visita!

 

14) Cesky Krumlov

Cesky Krumlov - Leste Europeu

 

15) Plovdiv

Plovdiv - Leste Europeu

Se você tem muita curiosidade para visitar a Bulgária, está prestes a conhecer uma região que transborda muita história e muita cultura. O Teatro Romano do lugar é a grande atração, pois sua construção, iniciada por volta do século II, pode ser visitada e suas entradas com um custo bastante acessível, conduzem o viajante para apresentações de danças típicas e concertos. Se você viajar para lá, não irá se arrepender!

 

16) Sófia

Sofia - Leste Europeu

Para as pessoas que sonham em conhecer um pouco da Europa, mas a grana está curta, essa dica é maravilhosa. Sófia, capital da Bulgária, foi considerada uma das cidades europeias mais baratas para viajar. Trata-se de um destino ótimo para quem gosta de lugares tranquilos, bucólicos e moldados pelo sincretismo, tendo como principais religiões e templos as doutrinas judaica, cristã ortodoxa, católica e islamita. Não por acaso acabam acontecendo muitas celebrações religiosas ao longo do ano, além de inúmeros festivais culturais.

 

17) Zadar

Zadar - Leste Europeu

Localizada na Croácia, Zadar se destaca por sua porção histórica e se complementa à Riva, com muita escadaria e calçadão de deslumbrantes pedras brancas que se derrubam sobre o mar. Ao final do dia, a maioria das pessoas se reúnem ali para assistir ao pôr do sol, que ficou muito famoso por ter sido considerado “o mais bonito do mundo” pelo diretor de cinema Alfred Hitchcock. E para tornar a sua experiência ainda mais mágica, o Nikola Basic’s Sea Organ oferece uma trilha sonora para acompanhar o visual do cair da tarde.

E se você adora sair tomar alguns drinques, não deixe de ir até o Garden Grow, um bar muito estiloso, que foi aberto por James Brown, baterista do UB40. Além disso, não deixe de dar uma olhada no Soundwave Festival ou explorar o arquipélago ao norte de Zadar.

 

18) Zagreb

Zagreb - Leste Europeu

Zagreb é a cidade capital da Croácia, e chama muito atenção por sua cultura diversificada. Além de possuir grandes influências renascentistas e barrocas, a mesma tem sua riqueza valorizada pela arquitetura histórica do antigo império austro-húngaro.  Visitar Zagreb pede um passeio por suas inúmeras ruas charmosas, visitas por seus parques bucólicos e aos museus da cidade, que por si só satisfazem o turista, fazendo-o se apaixonar pela região.

 

19) Ohrid (Macedonia)

Ohrid - Leste Europeu

Ohrid, ou em portugêus, Ocrida, é uma cidade do pequeno país chamado República da Macedônia sendo a maior cidade no Lago Ohrid e a oitava maior cidade do país, com mais de 42.000 habitantes em 2017. Ohrid é uma cidade pequena mas notável por ter tido 365 igrejas, uma para cada dia do ano, e foi mencionada como uma “Jerusalém (dos Bálcãs)”.

A cidade é rica em casas e monumentos pitorescos, tradicionais da antiguidade e o turismo é seu produto predominante, e hoje é uma cidade Patrimônio Cultural e Natural pela UNESCO sendo um dos únicos 28 locais que fazem parte do Patrimônio Mundial da UNESCO, que são locais culturais e naturais.

Muita cultura e tradicionalismo nessa cidade, prepare a câmera e tenha boas fotos!

 

20) Bucareste

Bucareste- Leste Europeu

A capital e maior cidade da Romênia, já foi conhecida como “Pequena Paris”, em decorrência de sua arquitetura que além de clássica, também é constituída por grandes construções em meio a avenidas largas.

Atualmente, a cidade incorpora um lado moderno que surpreende. Marcada pelo comunismo, guerras e terremotos, Bucareste conseguiu renascer às custas de um povo muito amigo, que soube enfrentar bem a situação e tudo isso em conjunto com seus hotéis charmosos, sua gastronomia de sabores inconfundíveis e ótimos passeios, a cidade acabou desenvolvendo ainda mais o turismo local, tornando-se uma das mais procuradas pelos viajantes.

 

21) Suceava

Suceava - Leste Europeu

Suceava é mais uma cidade que também encanta a todos que o visitam. O lugar, famoso por seu aspecto intrigante, fica localizado na Romênia e recentemente, passou por revitalização.

É sem dúvida um dos destinos mais escolhidos entre mochileiros na Europa. E para conhecer a região em seus melhores momentos, programe a sua viagem para a época da animada Feira de Peleteiros da Moldávia, que ocorre em meados de agosto, ou para a Suceava Days, uma grande festa de rua organizada no final de junho. Você irá adorar conhecer a cidade!

 

22) Transilvânia

Transilvania - Leste Europeu

A Romênia também entra na lista de um dos melhores países para viajar, e se esse é o seu destino, não se esqueça de visitar a Transilvânia. Marcada por uma gastronomia peculiar, a cidade é repleta de paisagens bucólicas e povo acolhedor. Com certeza, a Romênia é um dos países que mais se aproximam dos latinos quando o assunto é simpatia, uma vez que seus moradores prezam pelo contato. Por lá vale muito a pena visitar o Castelo de Bran, na Transilvânia, inspirado pelo Conde Drácula e conhecido por sua atmosfera enigmática.

 

23) Kotor

Kotor - Leste Europeu

Embora Montenegro seja uma das regiões da Europa que dificilmente integra a rota de viagem da maioria dos mochileiros, é muito recompensador dar uma passadinha na cidade de Kotor.

Além de poder admirar a paisagem do fiorde, que é considerado o mais profundo do continente, a população do lugar é muito receptiva e por lá você irá conhecer vinhos locais baratos.

Com uma forte influência veneziana e um cânion pelo qual passa um rio vindo do mar Adriático, é fácil compreender porque o local foi escolhido como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. E inclusive, se você adora carnaval de verão, temos uma boa notícia: Na região, milhares de pessoas fazem muitas festas de rua nessa época.

 

24) Belgrado

Belgrado - Leste Europeu

A cidade de Belgrado, situada na Sérvia, ainda está se consolidando no mercado ramo turístico, e por isso é necessário ter um pouco de paciência para descobrir o potencial do lugar.

Para quem adora a vida noturna, a da cidade é muito intensa e agrada a todos que a visitam e é durante o verão, que algumas baladas ocorrem em barcos de até três andares.

Além disso, a cidade ganha outra “cara” com seus ritmos Techno e fãs do gênero se pintando com tintas fosforescentes em eventos ao ar livre. Mas não se preocupe, se você não se identifica com esse tipo de passatempo, por lá existem vários bares e casas noturnas para você encontrar refúgio.

 

25) Kiev

Kiev - Leste Europeu

Se o seu destino é a Ucrânia, uma cidade que você precisa visitar é Kiev. A cidade é bastante acessível e amável para os mochileiros.

Nos mercados próximos à Praça da Independência localizados por lá, você pode garimpar itens soviéticos originais, tais como aqueles chapéus de pele com a estrela vermelha e comer variados petiscos com apenas algumas moedas.

Além disso, vale muito à pena subir a torre dos sinos da igreja mais antiga da cidade para admirar a vista e ver as coberturas de prédios e cúpulas douradas espalhadas pela paisagem do lugar.

E para se aprofundar nos dias mais obscuros da história local, o Museu Chernobylguarda documentos sobre o acidente nuclear fatal, enquanto o monastério de Pecherska Lavra reúne catacumbas que guardam macacos centenários mumificados.

 

26) Odessa

Odessa - Leste Europeu

Odessa é uma pacata e simples cidade costeira ucraniana situada às margens do Mar Negro e se localiza a noroeste da Península da Crimeia.Mesmo sendo  a quarta maior cidade do país, contando com pouco mais de um milhão de habitantes, mantem seu jeito pacato e tranquilo de uma típica cidade ucraniana.

A cidade tem dois grandes portos, um na cidade propriamente dita e outro nos subúrbios – o Yuzhny (terminal petrolífero importante em termos internacionais).

Nos tempos da ex União Soviética, Odessa era o porto comercial mais importante do país e igualmente base naval, porém hoje perdeu-se um pouco a importância nesse cenário.

Mesmo sendo tranquila, a cidade respira clima vibrante e culturalmente latente.

 

27) Moscou

Moscou - Leste Europeu

A Rússia sempre foi e continua sendo um destino extremamente interessante e por isso um dos mais procurados.

Portanto, para quem pretende viajar para a Europa, o país não pode ficar de fora da sua rota de viagem, uma vez que vale muito a pena conhecer a cidade por sua beleza. Você irá se apaixonar!

 

28) Armênia

Armênia - Leste Europeu

Localizada em uma região montanhosa, a Armênia é constituída por inúmeras construções que evidenciam suas raízes no Cristianismo. Na antiga Vagharshapat, por exemplo, há a emblemática Catedral de Etchmiadzin, datada do século V. Além de ser linda e bem preservada, é um dos cartões-postais mais emblemáticos do país, sendo considerada a catedral mais antiga do mundo.

 

29) São Peterburgo

 São Peterburgo - Leste Europeu

A cidade portuária da Rússia, fica localizada ás margens do Mar Báltico e foi fundada por Pedro em 1703, fato que promoveu a criação da emblemática estátua do cavaleiro de bronze da região.

Atualmente, continua sendo o centro cultural da Rússia e se você deseja conhecer um pouco mais desse lugar incrível, lugares interessantes não irão faltar. Locais como o moderníssimo Teatro de Mariinski, com ópera e balé e o museu Russo que expõe tudo sobre a arte do país, valem a pena ser visitados. E para que ama antiguidade é só dar uma passadinha no museu de Hermitage, que possui uma vasta coleção de objetos antigos e pinturas mundialmente famosas.

 

30) Saravejo

Saravejo - Leste Europeu

A Bósnia e Herzegovina, antiga nação da Iugoslávia, conseguiu sua independência em 1992, mas para isso precisou passar por um conflito brutal e sangrento contra os nacionalistas sérvios, que eram contra a dissolução do país. Quem for conhecer a região, irá se deparar com as marcas da guerra civil, que podem admiradas na capital Sarajevo e em outras cidades do país, com buracos de bala e resquícios de explosões espalhados pelas construções, fato que torna a visita à Bósnia especial em termos de riqueza histórica.