Main - Cuba

Você já pensou em visitar Cuba? Este país que até a pouco tempo era restrito à poucos turistas, é um dos lugares mais encantadores para aqueles que buscam uma viagem inesquecível. Um lugar com muita história a se mostrar, sua arquitetura é linda e já foi modificada de arquitetura colonial para arquitetura barroca, arquitetura neoclássica e agora Arquitetura Art Deco.

Este país é recheado de praias e ilhas, que são consideradas entre as melhores do mundo. Conhecido por fazer do tabaco sua matéria prima de exportação, as grandes marcas vendidas desse produto vem diretamente de Cuba, também não podemos esquecer, de enfatizar a gastronomia e as bebidas, mais famosas que se tem por lá.

Considerando esse conjunto todo, Cuba é um ótimo lugar para de divertir e se aventurar, não é mesmo? Neste artigo, mostraremos os melhores lugares que você deve visitar neste país lindo.

Veja abaixo 10 Lugares que você deve visitar em Cuba:

1- Baracoa

Baracoa - Cuba

Baracoa é uma pequena cidade que está situada na província de Guantánamo. Foi fundada em 1511, sendo a primeira cidade e primeira capital de Cuba. Está localizada onde supostamente Cristóvão Colombo teria desembarcado em sua primeira viagem, dando-lhe o primeiro nome de Porto Santo. Acredita-se que o nome deriva da língua indígena Arauaca, que significa “a presença do mar”.

Com suas diversas casas de madeira e uma atmosfera paradisíaca, há um movimento enorme de turistas. Curioso, que mesmo assim, é um lugar silencioso. Encontra-se também uma praia de areia negra, trilhas, inúmeras cachoeiras e florestas. Os turistas que gostam de caminhar e visitar a montanha mais famosa, chamada Yunque, tem uma privilégio especial ao fazer esse passeio. A montanha possui 589 metros de altura e oferece uma visão incrível para o mar.

“Não perca essa experiência de andar pela trilha que leva até o pico da montanha. Deixe seu relógio de lado e tenha um momento livre e sem pressa para apreciar a beleza da natureza e da praia que está em sua volta.”

 

2- Cayo Coco:

Cayo- Cuba

Essa linda praia tem uma conexão com a Cuba continental, através de uma ponte. São praias de areia branca e fina, de águas claras, calmas e mornas, e todo esse cenário de maravilhas estão cobertos por um lindo céu azul com muita luz do sol quase que o ano todo.

O nome da ilha, ou arquipélago, vem de uma espécie de ave chamada pelos cubanos de “coco”, que aqui no Brasil conhecemos como o íbis-branco. A ilha é bem grande para o padrão restante do arquipélago. Tem 22 quilômetros de extensão com diversas praias. A melhor delas, em Cayo Coco, é a Playa de los Flamencos. Ela tem um pouco mais de 3 quilômetros de extensão e nela você encontra dunas, mangues de águas bem frescas e uma água azul turquesa que dança conforme a maré.

“A paisagem é surreal e a regra é desfrutar de um belo dia ensolarado nessa praia, que tem pouco movimento de turistas, porém um clima e uma vibração impressionantes.”

 

3- Cienfuegos:

CIenfuegos - Cuba

Cienfuegos é uma cidade na costa sul de Cuba e está localizada a aproximadamente 250 km de Havana e conta com uma população de pouco mais de 150.000 habitantes. A cidade tem o apelido de “La Perla del Sur” (Pérola do Sul). A cidade de Cienfuegos se traduz literalmente como “cem incêndios” – CIEN que significa “cem”, fuegos que significa “fogo” e não erroneamente traduzida como “Sem Fogos”.

Desde primórdios do início da colonização espanhola até hoje, Cienfuegos um dos principais portos do país e um importante centro comercial de plantação de cana-de-açúcar, além de também ter destaque como produtora de álcool combustível.

É também apelidada de “Paris de Cuba”, pois teve influências francesas sendo por algum tempo, morada desses refugiados europeus, mantendo ainda parte de sua arquitetura do velho mundo, a cidade tem muitas mansões coloridas, por isso, existe esse clima francês por quase todos os cantos da cidade. Possui praias, algumas baías, grutas e cavernas para se visitar, mantendo um lugar altamente aconchegante e convidativo para se caminhar e curtir o clima quente e úmido.

“Uma dica, como descrevemos no item anterior, é levar sempre sua garrafinha de água, pois às vezes é difícil de se encontrar um local acessível para se comprar um pouco de água.”

 

4- Jardines del Rey:

Jardines - Cuba

Jardines del Rey, é um arquipélago localizado na costa norte da ilha, formado por pequenas ilhotas, que foram nomeadas em 1513 pelos conquistadores espanhóis para homenagear seu rei, o Rei Fernando II de Aragão.

Essa localidade também foi por muitas décadas em séculos passados, refúgio de piratas reais, que se escondiam das capitanias.
Conta a história também, que em seus primórdios dos séculos XVI e XVII, foi porta de entrada para o tráfico de escravos na ilha.

Jardines del Rey desenvolveu-se no sistema de recifes de corais que vão margeando a costa de Cuba, entre o Oceano Atlântico, a Baía de Buena Vista e a Baía de Jiguey. O recife, que faz parte do arquipélago Sabana-Camagüey que se estende por duzentos quilômetros (120 milhas) na direção leste-oeste.

As mesmas ilhotas são interligadas com algumas praias de areias brancas e finas, de águas claras e quentes num azul turquesa espetacular, que deixa um cenário incrível. Além da linda paisagem, a tranquilidade se mostra no passeio dos flamingos, que caminham pelas águas sem ter muito medo dos nativos e turistas, fazendo desse detalhe, um momento especial e paradisíaco, dentro de sua reserva natural.

 

5- Havana Velha:

Havana Velha - Cuba

É considerada uma das cidades mais históricas de Cuba, além de ser sua capital oficial, é oficialmente Patrimônio Mundial da UNESCO. Para o turista, a primeira impressão que passa é que a cidade parou no tempo, mais especificamente por volta dos anos 60 mais ou menos, mantendo suas ruas de paralelepípedos, automóveis antigos e uma simplicidade ímpar que parece nos fazer voltar no tempo.

Com uma arquitetura barroca e neoclássica, Havana mantém um desses exemplos tradicionais e exclusivos, tendo como exemplo o restaurante antigo Bodeguita del Medio, espetacular e parada obrigatória para turistas e visitantes. Essa cidade encantadora, possui mais de mil lindos edifícios antigos e bem cuidados, tanto que alguns deles, encaixando-se nessa era moderna em que vivemos, foram remodelados para um atendimento de excelência e alguns, quase que totalmente modificados para servir como hotéis, galerias, lojas, tabacarias e bares.

Você deve conhecer esse lugar, certeza de muitas fotos incríveis!

 

6- Holguin:

Holguin - Cuba

A “Cidade dos quadrados”, assim que Holguin é conhecida. Essa linda cidade inclui uma exclusiva área turística, que oferece aos turistas excelentes resorts, hotéis e pousadas de É a quarta maior cidade de Cuba, atrás da capital Havana , Santiago de Cuba e Camagüey.

Foi fundado como San Isidoro de Holguín em 1545, por um conquistador espanhol e tem o nome de seu fundador, o capitão García Holguín, um oficial militar espanhol. Antes de 1976, Holguín estava localizado na província de Oriente. Foi a cidade de parada à visita do Papa Francisco aos Estados Unidos , em setembro de 2015, onde ele visitou Cuba antes de seguir viagem aos Estados Unidos.

E enquanto o Papa Francesco esteve em Cuba, ele visitou a Diocese de Holguín para, entre outras coisas, comemorar a abertura de Cuba ao mundo exterior e também celebrar o local onde Cristóvão Colombo supostamente desembarcou.

É uma local rico em cultura e história, cheio de praças colonizadas e históricas, possui diversos museus, entre muitas atrações. É um dos pontos mais movimentados e visitados da ilha, fazendo desse local um refúgio calmo, gostoso e muito rico em beleza.

Não deixe de visitar!

 

7- Península de Zapata:

Peninsula - Cuba

A península de Zapata é uma grande península pantanosa que se localiza na província de Matanzas, sul de ilha de Cuba. É um grande ecossistema pantanoso, repleto de biodiversidades, local que atrai os turistas pela sua beleza diferenciada e muita natureza.

É a maior zona úmida das chamadas Antigas Antilhas, com aproximadamente 300 mil hectares, comprimento de 175 km de leste a oeste. Faz parte das regiões verdes mais bem conservadas do arquipélago

É um parque da Biosfera da UNESCO, com diversas aves, entre outros animais raros. Zapata é para aqueles que realmente amam as aves e os outros animais.

Se você procura um momento mais “selva e trilhas”, a dica é você contratar guias no local e alugar barcos para 6 pessoas, e reservar mais de 1 dia apenas, pois essa área é extensa. Caminhar pelas trilhas, observar toda a fauna e a flora locais, é uma boa pedida para se fugir do trivial e tradicional passeios pelas praias e pelas principais cidades de Cuba.

 

8- Santiago de Cuba:

Santiago de Cuba - Cuba

Santiago de Cuba é a segunda maior cidade de ilha de Cuba e é também a capital da província que leva o mesmo nome. Encontra-se cerca de 870 km a sudeste da capital cubana de Havana. Fundada em 1511 pelos colonizadores espanhóis, é repleta de montanhas, basicamente e primordialmente de cultura africana, então você já sabe que vai encontrar e muita música, alegria, cores, formas, sons e sem falar que nessa cidade, também há muitos edifícios coloniais.

Para Cuba em si, é muito conhecida por ter sido um viveiro da revolução Cubana e nesse local você pode encontrar em quase todos os lugares desde praças, ruas, esquinas, muros, algo relacionado a esse tema tradicionalmente histórico para os cubanos.

Santiago foi também a primeira capital da colônia espanhola de Cuba, no longínquo século XVII. Outra forte influência européia são de presença francesa, da qual a cidade foi saqueada pelas forças francesas em 1553.

Santiago de Cuba experimentou desde os seus primórdios um enorme afluxo de imigrantes franceses e britânicos no final do século 18 e início do século 19, muitos vindos do Haiti após a revolta de escravos. Então junte tudo isso e some à mistura cultural eclética da cidade, já rica em cultura espanhola e africana, e você conhecerá um lugar incrivelmente fantástico!

E por falar em cultura, não podemos esquecer que Santiago de Cuba era a cidade natal do famosíssimo poeta José María Heredia e também é o berço da marca Bacardi, incluindo um museu da família que está aberto aos visitantes.

Santiago de Cuba é conhecida por sua vida cultural e musical, com cantores e compositores muito famosos na ilha de Cuba. A salsa e o guaguancó são ritmos tradicionais dessa cidade, que também é conhecida pelo seu carnaval, repleto de festejos sempre celebrado em julho.

Nos dias atuais desempenha, um papel muito importante para a recém abertura econômica de Cuba, pois nela se encontra um importante porto marítimo, considerado o segundo porto mais importante de Cuba.

Tem uma população segundo o último censo de 2012 de aproximadamente 431.272 pessoas.

Uma dica do Bicicleta Amarela é contratar guias locais e conhecer cada pedacinho dessa cidade, onde o custo benefício é excelente e culturalmente falando, é muito interessante e divertido.

 

9- Trinidad:

Trinidad - Cuba

Protegida entre o Mar do Caribe e a Serra do Escambray, Trinidad foi fundada em 1514 pelos colonizadores espanhóis e hoje é declarada como Patrimônio Histórico da Humanidade, status concebido em 1988.

O local é incrivelmente lindo, se mostra sua beleza no Mar do Caribe atraindo milhares de turistas à ilha.

Tem pouco mais de 50 mil habitantes, porém essa cidade abriga uma das maiores áreas históricas e melhor preservadas do país, com mais de 1.200 edifícios de extremo valor arquitetônico, tendo como exemplo a “Plaza Mayor” e a exuberante e imponente Igreja de Santíssima Trindade, como ponto central e de referência entre moradores locais, visitantes e turistas.

Foi durante os séculos XVII e XVIII que Trinidad era uma cidade com grande comércio de escravos, mesmo tendo uma faixa etária da população mais dominante, com suas lindas mansões.

Hoje, Trinidad é uma das cidades mais visitadas pelos turistas, e uma das dicas do Bicicleta Amarela é sair pela cidade caminhando ou até mesmo cavalgando, tirando belas fotos e curtindo momentos incríveis!

 

10- Valle de Viñales:

Valle de Viñales - Cuba

Cuba é conhecida não somente pela sua diversidade cultural, música, gente alegre mas também por ser uma das maiores produtoras de tabaco do planeta.

Nesse lugar em especial, junto com outras culturas, que são cultivadas no fundo do vale, é um dos pontos centrais de tradicional cultura de tabaco Cuba.

No Valle de Viñalles, podemos encontrar além da sua diversidade agrícola, muitas cavernas que se acabam em penhascos e trilhas de cenários maravilhosos. Essas trilhas levam aos imponentes penhascos de calcário que se elevam como ilhas do fundo do vale e são chamados de mogotes, que podem ter até 300m de altura.

Valle de Viñalles é um importante destino turístico, que oferece além de excelentes acomodações, guias para caminhadas e escaladas, atividade que teve relevante crescimento após a abertura do país a visitação estrangeira.

Valle de Viñalles, são belas montanhas cobertas de pinheiros que vão do oeste de Havana e terminam no norte de Pinar del Rio. Nesse espaço, há animais raros e lindos que estão em extinção, é a verdadeira obra da natureza. Você pode chamar a sua companhia e dar uma volta de bicicleta apreciando os lindos animais e a natureza.